Pages

quinta-feira, 11 de junho de 2009

Sentirei muuuito a sua falta.

Dia 19/04 escrevi aqui no blog o post Cuck e Eu Por que assisti o filme Marley e Eu e chorei horrores imaginando como seria quando o dia de Cuck chegasse. Peguei ela nessa dia e a enchi de beijo e tirei algumas fotos que foram postadas. Minha cara ainda estava inchada de tanto chorar. E agora ela esta mas inchada ainda.

Por que hj as 10:00h da manhã ela se foi. Na terça dia 09/06 ela teve uma convussão e foi levada a clinica veterinaria. Minha mãe me ligou e eu sair do trabalho q nem louca e cheguei rapidinho. Ela estava mau, muito mau a veterinaria disse que ela teve um derrame e não ia se recuperar por causa do problema que ela tinha no coração. Não quis acreditar pq ela era forte e já tinha passado por coisa parecida quando comeu chumbinho a 3 anos atras. Insistimos em deixa-la internada, Tairone foi na hora do almoço ve-la e depois voltamos pro trabalho, estavamos super arrasados mas esperançosos. A noite passamos na clinica e era outro veterinario, ele nos deixou vê-la e nos animou muito quanto ao estado dela. Ela já levantava a cabeça e nos reconhecia, ele disse que com o tempo ela poderia voltar ao normal. Fomos pra casa chorosos mas cheios de esperança.
Quarta-feira tive reunião no trabalho e sai muito cedo, a visita na clinica começava as 8:00h. Mas ligava o tempo todo pra saber dela. Tairone pagou mas uma diaria pra ela continuar lá tomando medicação e se recuperando.

Ontem foi aniversário do meu padrasto e do meu cu-cunhado (é assim?) e ainda fui na igreja com Tairone. Mas minha mãe a visitou e não recomendou que fossemos lá pq as visitas estavam deixando Cuck ainda mas agitada.

Hj de manhã fomos todos na clinica, a familia toda junta. Ela não tinha melhorado mas eu e Tairone não queriamos desistir dela, então, resolvemos leva-la pra casa.
Fiquei com ela o tempo todo, ela gemia e chorava muito, não conseguia ficar em pé e queria que ficassemos todos perto dela, só assim ela parava de chorar mas ainda gemia e respirava com dificuldade. Dei água a ela e minutos depois ela vomitou e o olho começou a revirar... Fiquei louca gritei minha mãe e entrei em desespero...

Não tivemos outra escolha a não ser sacrifica-la. Com muita dor, culpa e remosso. Nunca imaginei q passaria por isso com ela. Sempre acreditei que ela morreria de velhice dormindo comigo, nunca que a vida ou a morte dela dependeria de uma escolha minha. Mas aconteceu tudo tão de repente q ainda custo acreditar que isso aconteceu, não quero acreditar.

Márcio veio busca-la, fomos pra castelo branco e a enterramos no quintal da casa dele. Queria leva-la para um cemiterio que tem em Lauro de freitas ou é Camaçari nem lembro agora, mas gastamos muuuito com a internação e o tratamento que não tivemos condições de enterrar lá.
Me tranquilizo por q sei que ela não foi pro lixo ou coisa assim, e q ainda esta aqui pertinho.

Vai ser duro? vai e muuito mas temos que superar e lembrar sempre dela como eu lembro, feliz, esperta, sapeca, linda e carinhosa.
Sempre vou ama-la e leva-la pra sempre em meu coração, pra sempre.


Eu sempre vou te amar!!

1 comentários:

Amelir disse...

Oiee, Louraaaa!Vc tá chic, heim!É uma garota multimídia!! Menina, o que é isso!Não fique sofrendo, chorando antes da hora!Aproveite o momento, os momentos que sua cachorrinha está com vc.[;)]
bjãoooooo e Sau:Daaa:des de ti, viu![;)]

Postar um comentário